Com gol de trás do meio de campo, Oeste vence o Santa Cruz pela Série B

Jogando em casa, o Oeste venceu o Santa Cruz pelo placar de 2 a 0 em partida realizada neste sábado na Arena Barueri pela Série B do Campeonato Brasileiro e deixou a zona de rebaixamento da competição. Os gols da vitória foram marcados por Velicka, aos 42 minutos do primeiro tempo, e Fernando Aguiar, chutando de trás do meio de campo já aos 47 minutos.
Com o resultado, o time paulista subiu seis posições na tabela de classificação, deixa a zona de rebaixamento e agora aparece na 11ª colocação com 15 pontos. A pontuação da equipe paulista é um número maior que o rival pernambucano, que ocupa a 13 posição.
Na próxima rodada, o Oeste joga novamente em casa e recebe o Vila Nova na Arena Barueri pela décima segunda rodada da competição. Já o Santa Cruz tem a chance de se recuperar na partida diante do Brasil de Pelotas, no estádio Arruda, na próxima sexta-feira.
O início da partida se mostrou muito estudado pelas duas equipes. Sem nenhuma chance de gol nos primeiros 15 minutos, os dois times disputaram muito a bola na altura do meio de campo. Jogando em casa, o Oeste até ficava mais com a bola, porém encontrava dificuldades para furar a defesa adversária.
O Oeste aos poucos começou a demonstrar perigo com lances partindo dos pés do atacante Velicka. Aos 16 minutos, o centroavante entrou sozinho dentro da área porém a finalização saiu ruim. O lance pareceu acordar a equipe mandante, que continuou buscando abrir o placar.
Três minutos mais tarde, Mazinho fez boa jogada individual pela esquerda e acertou um chute forte, exigindo boa defesa do goleiro. Aos 25, Daniezinho fez boa jogada pela direita e encontrou Mazinho bem posicionado na área. O meia subiu bem e cabeçou a bola, que acabou raspando a trave adversária.
Após a partida dar uma esfriada, o Santa Cruz conseguiu dar novamente uma emoção na partida apenas aos 41 minutos com um chute perigoso de Gabriel Vallés, mas a bola acabou passando por cima do gol.
O time da casa respondeu à ofensiva adversário logo no minuto seguinte. Velicka recebe a bola na entrada da área, passa bonito pelo defensor e dá um belo toque para vencer o goleiro Júlio César e abrir o marcador para o time da casa.
Na segunda etapa, a partida voltou com um ritmo menos acelerado. Com a vantagem do placar para o time da casa, o Santa Cruz não conseguia sair para o jogo em busca do empate. Buscando o ataque timidamente, o Tricolor do Arruda acabou abrindo espaço para alguns contra-ataques para o time paulista.
Em um destes contragolpes, o atacante Kaue, que havia acabado de entrar, fez linda jogada individual e acertou um chute forte de fora, exigindo boa defesa do arqueiro adversário. Aos 34 minutos, a bola foi bem trabalhada pelo setor ofensivo do Santa Cruz e acabou sobrando para o volante Derley, que acabou chutando por cima.
A equipe nordestina seguiu pressionando o adversário em busca do gol de empate, porém a falta de pontaria se mostrou um problema para alcançar este objetivo. Aos 38 minutos, Ricardo Bueno fez bem o pivô e rolou para Jaime, que da entrada da área e acabou chutando por cima.
No último lance da partida, o Santa Cruz buscava o empate em um escanteio. Para ajudar o setor ofensivo, até o goleiro Júlio César foi para área. O cruzamento porém saiu ruim e a bola acabou sobrando para Fernando Aguiar que chutou de muito longe para balançar as redes do gol vazio e finalizar o placar.
FICHA TÉCNICAOESTE 2 x 0 SANTA CRUZ
Local: Arena Barueri, em Barueri (SP)
Data: 01 de julho de 2017, sábado
Horário: 16h 30(Brasília)
Árbitro: Luiz César de Oliveira Magalhães (CE) Assistentes: Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE) e Renan Aguiar da Costa (CE)
Público: 1.790 pagantes
Renda: R$ 13.980,00 reais
Cartões amarelos:  Guilherme Romão e Betinho (Oeste); Jaime (Santa Cruz)
Gols: OESTE: Velicka aos 42 minutos do primeiro tempo e Fernando Aguiar aos 47 do segundo tempo
OESTE: Rodolfo, Daniel Borges, Joílson Leandro Amaro e Romão (Willian Cordeiro); William Matias (Fernando Aguiar), Fernando Aguiar e Mazinho; Velicka, Gabriel Vasconcelos (Kauê) e Danielzinho.
Técnico: Roberto Cavalo
SANTA CRUZ: Julio Cesar; Gabriel Vallés, Jaime, Bruno Silva e Roberto; Elicarlos, Derley e João Paulo (Facundo Parra); Augusto (Júlio Sheik), Wiliam Barbio (André Luís) e Ricardo Bueno
Técnico:  Adriano Teixeira

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.