Bileu e Pachu não treinam e podem deixar o Santa Cruz sem sequer fazerem estreias


O treino do Santa Cruz desta terça-feira ocorreu com a ausência de dois jogadores. O volante Bileu e o atacante Pachu podem não seguir no Arruda. Um fato, no mínimo, inusitado já que nenhum dos dois chegou atuar pelo Tricolor em 2017.

Bileu chegou ao clube no mês passado e foi tratado como a solução para a cabeça de área. Ele seria o elo entre a defesa e o ataque, mas não pode jogar por sua situação junto à CBF nunca ter sido solucionada. O Santa Cruz consultou a entidade e o STJD sobre a possibilidade de escalar o atleta ou não, mas nunca obteve resposta positiva.

A situação ocorreu porque o Tricolor seria a quarta equipe do atleta na temporada, algo que não é permitido pelo regulamento geral da competição, mas que seria possível porque o jogador não atuou pela Tombense, clube pelo qual foi registrado logo no início da temporada.

"Estamos esperando até a última instância para sabermos se poderemos continuar com o atleta ou não. Já consultamos a CBF, mas o nosso departamento jurídico está tentando a última cartada para podermos utilizar o jogador", explicou o vice-presidente Constantino Junior.

Pachu
Já o caso de Pachu é bem diferente. O atacante chegou ao clube por indicação do ex-técnico do clube Givanildo Oliveira e veio por empréstimo do Botafogo. Veloz e opção para jogar pelo lado do campo, o jogador nunca conseguiu superar a concorrência e não chegou a jogar com a camisa coral. Apesar do clube ainda não ter se posicionado oficialmente, é provável que ambos não continuem no Arruda para o restante da temporada 2017.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.