De volta ao time do Sport, André não se intimida com o Santos: 'Joga e deixa jogar'


Cumprida suspensão automática, André voltará ao time titular do Sport e enfrenta o Santos na próxima quinta-feira, na Ilha do Retiro. O adversário é terceiro colocado da Série A e não perde há quatro rodadas na competição - vem de duas vitórias e dois empates. Mas o atacante ignora a condição do Peixe na tabela. Na leitura do camisa 90, Alvinegro Praiano permite os seus oponentes atacarem bastante. Ponto que deve ser explorado pela equipe rubro-negra, segundo ele. 

O Santos tem a segunda melhor defesa do Brasileirão, com apenas 19 gols sofridos - um a mais que o Corinthians. Mas a última partida dele na competição mostra que vazá-lo não é nada de outro mundo. Na luta contra o rebaixamento, o Vitória - melhor visitante - empatou em 2 a 2 com o Peixe em pleno Pacaembu. Os baianos sempre estiveram na frente do placar, cansaram de perder oportunidades e só não ganharam por causa de um gol contra.

Na rodada anterior, o Santos também empatou: 1 a 1 frente à Ponte Preta, no Moisés Lucarelli. Mesmo com a Macaca com um jogador a menos, o Peixe outra vez se mostrou permissivo, terminando com menos posse de bola no jogo. Então, André vê o Sport em totais condições de desbancar o time paulista na Ilha. 

“O Santos joga e deixa jogar, acredito que não vem só para se defender. É um jogo bom, grande e importante, que a gente tem que vencer. Acho que vai ser um grande jogo e espero que a vitória seja nossa”, afirmou o camisa 90. 

Após ter ficado de fora do duelo com o Atlético-MG por causa de suspensão, quando foi substituído pelo prata da casa Juninho, André busca também se aproximar de metas pessoais. Com 10 gols na Série A, o centroavante é o goleador do Sport no campeonato e está a cinco do artilheiro geral - Henrique Dourado, do Fluminense.

O atacante leonino também é o jogador que mais fez gols pelo clube na temporada 2017 - 21 no total. Só precisa também de mais cinco para atingir os 26 de sua melhor temporada em um só clube, no próprio Santos, há sete anos. “Agora é focar para voltar com tudo. A gente tem muitos jogos ainda e não vou ficar fora de mais nenhum, nem por cartão nem por lesão”, projetou, em entrevista ao site oficial do Sport.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.