Desfalque de Osvaldo faz crescer competição por vaga no Sport para jogo da Sul-Americana


Osvaldo voltará a desfalcar o Sport na Copa Sul-Americana, competição no qual havia sido inscrito pelo Fluminense antes de ser contratado pelo Leão. Sem ele, abre-se uma vaga no titular titular do Rubro-negro para a primeira partida das quartas de final do torneio continental, contra o Junior Barranquilla-COL. Na próxima quinta-feira, na Ilha do Retiro, quatro atletas disputam um lugar na ponta direita da equipe. O treinador Vanderlei Luxemburgo ainda não indicou qual deles será o escolhido e fará um secreto nesta quarta-feira, no CT do clube. 

Rogério, Thomás, Lenis e Juninho travam essa competição interna. A depender de quem melhor atuou recentemente, Rogério tem ligeira vantagem sobre os outros. O atacante foi acionado no segundo tempo das duas últimas partidas do Brasileirão. Apesar de o Sport não ter vencido ambos, teve participação direta nos gols marcados pelo Rubro-negro. Contra o Santos, na Ilha, balançou as redes e garantiu um empate em 1 a 1. Na rodada seguinte, diante do Atlético-PR, sofreu o pênalti, convertido por Diego Souza, mas não evitou a derrota por 2 a 1, na Arena da Baixada. 

O retrospecto geral de Rogério na temporada endossa também a titularidade dele. Mesmo sem ter neste ano se consolidado no time principal, o jogador tem dez gols e é o terceiro artilheiro do Sport em 2017 - atrás apenas de André (21) e Diego Souza (18). O atacante, entretanto, tem a “sombra” de três peças. Um dos concorrentes é Juninho.

O prata da casa jogou os quatro últimos jogos da Série A, um deles como titular. Desde quando Juninho foi detido na Delegacia da Mulher e liberado após pagamento de fiança, no início do mês passado, Luxa o abraçou “como um filho” e a utilização dele não está descartada. Até porque o atacante - embora centroavante de ofício - chegou a cumprir recentemente o papel de ponta. 

Lenis e Thomás também lutam pela vaga. Ausente do jogo passado do Brasileirão por causa do falecimento da avó, o colombiano está de volta e pode ter alguma chance, já que jogou no lugar de Osvaldo nos dois duelos da fase anterior, contra a Ponte Preta. Thomás é o “azarão” da disputa. A última vez que apareceu como titular foi ainda em julho, na vitória por 3 a 1 sobre o Bahia, na Arena Fonte Nova. 

O Sport tem mais desfalques. Para enfrentar o Junior Barranquilla, Luxemburgo não tem também volante Wesley - registrado na Sul-Americana pelo São Paulo e ainda em recuperação de incômodos musculares. Lesionado na coxa, Raul Prata também está fora e deixa a lateral-direita novamente a cargo de Samuel Xavier. Machucado no tornozelo, o volante Rithely pode ser outra baixa. Rodrigo e Thallyson estão na luta pela posição, mas Patrick pode ser deslocado da ponta para a cabeça de área. Assim, Mena passaria a atuar pela beirada e Sander ganharia oportunidade na lateral. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.