Martelotte pede paciência a Grafite e quer centroavante mais dentro da área



Para o Santa Cruz voltar a fazer gols, ele precisa de Grafite dentro da área. A opinião é do técnico Marcelo Martelotte. Segundo ele, para ajudar o time, o centroavante tem saído muito de seu "habitat natural" - o que acaba prejudicando o atleta e, de quebra, a equipe tricolor.
Por isso, Martelotte afirma que já conversou com o atacante e explicou por que ele precisa ficar mais próximo ao gol.
- A gente conversou sobre isso no intervalo (do jogo contra o América-MG). Ele tem que ter um pouco de paciência porque nós precisamos dele na área. Não temos outro jogador com essa característica. Não adianta achar que, quando ele sair da área, outros jogadores vão entrar ali e fazer o que ele faz. Atletas como Thiago Primão, André Luís, eles têm outra característica - afirmou.
Nessa passagem pelo Santa Cruz, o veterano tem oito jogos disputados - e apenas um gol feito. Mas a dificuldade não é só dele. Nos últimos jogos, o Santa só fez um gol.
Para o técnico Marcelo Martelotte, o problema passa longe de falta de qualidade. A dificuldade - segundo ele - está na cabeça.
- A palavra é esta: confiança. Não tenho dúvida disso. A qualidade existe. Esses jogadores seriam titulares em outras equipes do campeonato porque têm qualidade. Estou tentando, colocando todos para jogar e temos essa dificuldade. Falta confiança, o resultado positivo, que facilita as coisas. Nessa questão de finalização, o lado emocional tem um peso maior. O time tem marcado bem, trabalhado bem as jogadas, mas, infelizmente, não transformamos isso em gol. E vejo o aspecto emocional como fator preponderante nisso - declarou.
No próximo sábado, o Santa Cruz entra em campo novamente. Enfrenta o Figueirense, no Orlando Scarpelli, em duelo decisivo contra o rebaixamento da Série B.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.