Precisando vencer em casa, Ananias avisa sobre "corda no pescoço" no Santa




Vindo de sete jogos sem vitórias, o Santa Cruz tem pela frente duas partidas dentro do Arruda - contra Luverdense e Náutico - para tentar dar uma respirada na Série B. A última vitória como mandante do Tricolor foi na 25ª rodada, há pouco mais de um mês. Entretanto, para o volante João Ananias, o momento não é de fazer muitos cálculos. Só os três pontos importam.
- A gente sabe que está afunilando a cada jogo. E depois dessa partida a gente conversou bastante. O fundamental para definir o que queremos para o futuro são esses dois jogos dentro de casa. São confrontos diretos contra Luverdense e teoricamente o Náutico. Temos uma semana agora para trabalhar o que o professor vai querer, qual formação, quem vai entrar. Enfim, o importante é estarmos juntos para sair dessa situação.
O desempenho do Santa Cruz dentro do Arruda é bem mediano. Ate aqui, quinze partidas foram realizadas, com cinco vitórias, cinco empates e cinco derrotas. Foram marcados 19 gols e a defesa foi vazada 16 vezes. Para permanecer na Série B, o time tem que reaprender a fazer o dever de casa.
- Nos últimos jogos, não fizemos o nosso dever de casa. Então, ficamos com a corda no pescoço. São sete jogos (que restam) e nesses dois precisamos fazer valer mando de campo. Sei que a torcida quer vitória, mas estamos lutando, correndo e mostrando que estamos buscando. Não estamos conseguindo, mas creio que nesses dois jogos vamos dar a volta por cima.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.