Itair Machado diz que Bruno Silva será jogador do Cruzeiro e revela nova oferta para comprar volante Hudson ao São Paulo



Presente na posse do presidente Wagner Pires de Sá, o vice de futebol do Cruzeiro, Itair Machado, fez novo balanço sobre as ações da diretoria no mercado. Segundo ele, a contratação mais próxima é a de Bruno Silva, que deve ser oficializada nos próximos dias. Apenas um impasse precisa ser resolvido: o Botafogo aceitou receber os R$ 4 milhões pela venda de 40% dos direitos econômicos em janeiro, mas no dia 4. A Raposa, por sua vez, só poderá pagar dia 10. Com a Ponte Preta, detentora dos 60% restantes, está tudo acertado. O dirigente, porém, não titubeia ao cravar: "Bruno Silva será jogador do Cruzeiro"."O Bruno Silva o mais difícil era acertar também a parte da Ponte Preta, já foi acertada. E com o Botafogo hoje nós acabamos de definir. Agora é questão que vamos olhar com nosso financeiro qual dia de janeiro vai poder fazer o pagamento ao Botafogo. Não é segredo de ninguém, os clubes têm preocupação de receber do Cruzeiro, o próprio presidente (do Botafogo) deu essa entrevista no Rio de Janeiro, mas o que está facilitando muito é que o Divino, que assumiu a coordenação financeira nossa, é muito amigo do presidente do Botafogo e nós tivemos uma conversa boa hoje. O que está definindo é que o Cruzeiro quer pagar o Botafogo dia 10, e o Botafogo quer receber dia 4. Esse detalhe é simples, acredito que será resolvido e o Bruno Silva será, com todo o respeito à torcida do Botafogo, jogador do Cruzeiro".


Além dos R$ 4 milhões, o Botafogo receberá como compensação 40% dos direitos econômicos do atacante Roni, que jogou pelo Albirex Niigata do Japão a última edição da J1-League (marcou sete gols em 32 jogos).


Itair Machado também falou a respeito de Hudson, cuja negociação se arrasta há mais de um mês. Embora tenha até 31 de dezembro para comprar 50% dos direitos econômicos do volante, o vice-presidente pretende resolver com o São Paulo até a próxima quinta-feira. Uma oferta de 700 mil euros (R$ 2,7 milhões) está na mesa de Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, presidente do Tricolor.


"O Hudson que está sendo complicado é que a nova gestão quer assumir o compromisso e pagar no dia certo. Então não adianta querer agradar à torcida e pagar 1,5 milhão no volante, sendo que não teremos essa condição de pagar. Fizemos a proposta ao São Paulo de 700 mil euros e estamos aguardando o São Paulo dar resposta. Acredito que isso deve se resolver até quinta-feira, apesar de o Cruzeiro ter prazo até o dia 31, até em respeito ao atleta, que precisa definir se vai jogar no São Paulo ou no Cruzeiro".


Fernandão e Edílson


Outros dois jogadores foram tema na entrevista de Itair Machado: Fernandão, atacante do Fenerbahçe, e Edílson, lateral-direito do Grêmio.


Sobre Fernandão, o Cruzeiro continua confiante na aquisição, embora tenha outros alternativas caso as conversas com o Fenerbahçe não avancem. "Na verdade, o Cruzeiro realmente se interessa pelo Fernandão. Mas como houve contusões no time e o jogador passou a ter espaço, acabou dificultando. Mas estamos trabalhando com três opções. O Fernandão é uma dessas três opções. Se a gente falar as outras duas, a coisa dificulta. Queria, inclusive, contratar um detetive para saber como vocês descobrem, pois não falo para ninguém".


Com relação a Edílson, Itair usou uma frase que era frequentemente dita por Eduardo Maluf, ex-diretor de futebol de Cruzeiro e Atlético, que faleceu em junho após longa batalha contra um câncer no estômago. "Como o meu amigo e meu ídolo Eduardo Maluf dizia, não vou desmentir e nem confirmar".

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.