Náutico decide liberar cinco jogadores que estavam em período de testes no clube



O Náutico não vai aproveitar nenhum dos cinco jogadores que estavam realizando testes com o elenco. O lateral-direito Paulo Roberto, o volante Matheus Rosa, os meias Tácios Santos e Alex Moraes e o atacante Hayllan foram liberados e não trabalharão mais com o grupo. O vice-presidente dO técnico Roberto Fernandes havia afirmado na última sexta-feira que o período de observação desses jogadores havia chegado ao fim, junto com o segundo ciclo de treinamentos da pré-temporada. Ele só não adiantou, no momento, se aproveitaria algum dos atletas. "Preciso alinhar com a diretoria antes", afirmou o treinador, na entrevista coletiva. Na quinta-feira, os cinco jogadores foram utilizados no jogo-treino com o sub-20.


O Náutico segue no mercado e o foco atual da diretoria é a busca por um jogador para o ataque. Tanto Roberto Fernandes quanto a diretoria revelaram que encontram dificuldades para achar um atleta do setor, por isso a demora no anúncio. Inclusive, é bem difícil que esse reforço chegue já nos próximos dias ao Timbu.



Por enquanto, para o setor de ataque, o Náutico vai recorrendo a jogadores da base como Odilávio, que vem treinando entre os titulares, e Tharcísio, para compor o elenco. Como reforços para essa posição, chegaram Fernandinho, Wágner Lauretti e Rafael Assis (que se machucou). A situação de Thiago Cunha é atípica. Primeiro reforço anunciado, ele pediu um tempo para resolver problemas pessoais. o clube, Diógenes Braga, confirmou a liberação dos atletas.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.