Perto do cinturão, Khabib diz que venceria McGregor e Ferguson na mesma noite

Com atuação dominante, Khabib Nurmagomedov superou Edson Barboza por decisão unânime na luta coprincipal do UFC 219, nesse sábado, em Las Vegas, e manteve a invencibilidade na carreira – 25 triunfos em mesmo número de apresentações. Com o resultado, o russo também aproximou da chance de disputar o cinturão do peso leve e esbanjou confiança. Em entrevista coletiva após o evento, o ‘Águia’ garantiu que venceria Conor McGregor e Tony Ferguson, campeões linear e interino da categoria, numa mesma noite.

“Eu disse que poderia enfrentar Conor e, minutos depois, Ferguson. Alguns acham que é apenas trash talk. Mas eu acabei de lutar com um dos melhores lutadores em pé do mundo, e vocês viram o que aconteceu. Fiz com ele uma guerra, em pé, no wrestling e no chão. Eu estou fresco agora e poderia lutar novamente”, assegurou.

Khabib Nurmagomedov ainda demonstrou preferência por encarar Tony Ferguson, a quem considera o verdadeiro campeão dos leves, e desdenhou de Conor McGregor.

“O cinturão verdadeiro está com Ferguson. Conor tem apenas uma luta na divisão. Ele venceu Eddie Alvarez, é um bom lutador, mas não é o campeão. Vários lutadores da categoria podem vencê-lo. Conor tem um bom boxe bom e um bom tempo de luta, mas não tem não tem wrestling, condicionamento físico ou jogo de solo. Ele tem o cinturão somente porque o UFC quis isso. Com esse boxe, ele tem chance por alguns minutos contra mim. Mas e se eu fizer wrestling o tempo todo e não ficar na trocação? Posso mostrar boxe e wrestling em outro nível. A minha hora está chegando”, concluiu.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.