Calejado, Santa Cruz se concentra no Nordestão


Não é a primeira vez na temporada que o sinal de alerta foi ligado nas Repúblicas Independentes do Arruda. Ainda nas primeiras exibições do time, quando o Santa Cruz amargou um jejum de seis partidas, o técnico Júnior Rocha sentiu a pressão, mas conseguiu se recuperar. Emendou uma sequência invicta de dez jogos (quatro vitórias e seis derrotas), mas ela foi quebrada pelo rival Sport, que também despachou os tricolores nas quartas de final do Campeonato Pernambucano. 

Mesmo abatido pela eliminação no Estadual, o elenco tenta melhorar o astral para a sequência de 2018. Inclusive, os jogadores tiveram longas conversas com o treinador nos últimos treinamentos. O lado psicológico é trabalhado para a partida contra o Treze/PB, na quinta-feira (22), em Campina Grande, na Paraíba, pela 5ª rodada do Grupo A da Copa do Nordeste. 

"Aprendemos com as eliminações (na Copa do Brasil e no Campeonato Pernambucano), que serviram de lição. Agora é botar a cabeça no lugar, pensar nos pontos positivos e negativos e amadurecer para a Copa do Nordeste. Temos que guerrear mais nos próximos jogos”, afirmou o zagueiro Genilson, capitão e um dos líderes do grupo. 

Experiente, o defensor Danny Morais indica alguns pontos a serem ajustados pela equipe. Além disso, projeta a classificação antecipada para o mata-mata do torneio regional e a liderança da chave. “Precisamos ter êxito nos próximos dois jogos (do Nordestão) e garantir a passagem de fase. Também queremos terminar a primeira etapa como líderes. Temos que melhorar a manutenção da posse de bola e a reação individual e coletiva. A troca de passes é uma característica dos times de Júnior Rocha, mas é necessário dividir os riscos e as responsabilidades”, declarou. 

Preparação
A semana de treinos começou com novidades, ontem, no Arruda, mas também foi marcada por uma notícia ruim. Além do atacante Fabinho Alves, suspenso, o meia Arthur Rezende é desfalque garantido no Santa, sendo vetado pelo departamento médico após voltar a sentir dores na coxa direita. Em contrapartida, o treinador promoveu quatro mudanças na escalação: o zagueiro Danny Morais, o volante Jorginho e os meias Daniel Sobralense e Geovani entraram nas vagas de Augusto Silva, Salino, Fabinho Alves e Arthur Rezende, respectivamente. 

A tendência é que o time titular seja formado por Tiago Machowski; Vitor, Genilson, Danny Morais e Henrique Ávila; Jorginho, Luiz Otávio e Daniel Sobralense; Robinho, Geovani e Hericles. 

O Tricolor realiza o último treino no Recife hoje pela manhã, às 8h30, no estádio do Arruda, e logo depois os relacionados viajam para Campina Grande, onde finalizam os preparativos com uma atividade na Paraíba, marcada para amanhã, às 16h (local a definir).

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.